fev
4
2013

Harley-Davidson Hog Boys

Entre 1910 e 1938 um grupo de amigos do HOG decidiu inscrever sua equipe Harley-Davidson nos campeonatos de motocicleta dos Estados Unidos. Confira um pouco das história deste pilotos que trouxeram muitos títulos a equipe H-D:

Ray Weishaar

Early Motorcycle Racer Ray "Kansas Cyclone" Weishaar

Foi, sem dúvida, uma das estrelas da motocicleta mais conhecidos e populares de corrida dos anos 1910 e 1920. Conhecido como “Cyclone Kansas” ele dominou os circuitos Country Fair de 1908 à 1910. Venceu o Campeonato Estadual do Kansas, e tornou-se parte da equipe H-D em 1916, ano em que conquistou o terceiro lugar em  Dodge City. Ele abandou as corridas para se tornar revendedor da Harley durante 3 anos. Em 1919 porém, voltou aos circuitos. Infelizmente, Weishaar morreu apenas algumas horas após sofrer um acidente em uma corrida quando disputava a liderança. No acidente, sua moto bateu contra o muro após uma derrapagem. Levado para um hospital em Los Angeles ele não resistiu aos ferimentos.

Leslie “Red” Parkhurst

Leslie “Red” Parkhurst, era uma espécie de celebridade entre os entusiastas de corridas. Com 23 recordes de velocidade e com várias vitória acumuladas,  ele era um dos tops para a Harley entre 1914-1920. Após 1922 Parkhurst tinha uma família, e sua carreira de piloto abrandou consideravelmente, competindo apenas em eventos selecionados. Ele se aposentou em 1960 e morreu em 1972, enquanto vivia em Washington aos 76 anos de idade.

Albert “Camarão” Burns

Albert Burns era conhecido por sua coragem nas pistas. Grande piloto de pista de terra entre os anos de 1910 e 1920 foi o mais jovem campeão da época ganhando seu primeiro título aos 15 anos. Em uma corrida perigosa em Marysville, CA, ele venceu com uma clavícula fraturada e um ombro quebrado levando a multidão a loucura. Em 14 de agosto de 1921, Burns, tragicamente perdeu a vida em um acidente de corrida em Toledo, Ohio. Saindo de uma vez, Burns bateu na traseira da moto de Ray Weishaar, o impacto fez com que o piloto tivesse ferimentos graves.

Ralph Hepburn

Ralph Hepburn foi um grande piloto da equipe Harley no inicio da década de 1920. Venceu corridas de campeonatos nacionais tanto em board tracks e pistas de terra. Ele ganhou o M & ATA 200 Milhas no Campeonato Nacional de Ascot Park em Los Angeles em 22 de junho e 4 de julho de 1921. Também venceu o Dodge City 300, no que talvez seja o melhor desempenho de sua carreira. Após alguns anos fora da Harley, em 1924, Hepburn voltou para a equipe H-D e foi vice-campeão com Jim Davis nas finais nacionais em Siracusa. Também em 1924, Hepburn definiu um novo recorde de velocidade montando uma Harley-Davidson.

Maldwyn Jones

 


Jones é considerado o melhor piloto de pista de terra durante a década de 1910. Entrou para a equipe Harley em 1916, usando uma motocicleta adaptada em que ele mesmo tinha desenvolvido o chassi juntamente com a Merkel. Ele se aposentou das corridas de moto completamente no final de 1922.

Fred Ludlow

Ludlow foi uma referencia nas corridas a partir de 1914. Serviu o exército durante a Primeira Gurra Mundial, sendo dispensado oficialmente em 1919. Neste mesmo ano, Ludlow assinou seu contrato com a Harley-Davidson participando de uma das melhores equipes da marca, no ano de 1920, com Ralph Hepburn, Otto Walker, Red Parkhurst e, mais tarde, Jim Davis, Ray Weishaar e Maldwyn Jones. A maior realização Ludlow veio em setembro de 1921, quando ganhou os cinco campeonatos nacionais no final de M & ATA na milha de terra em Syracuse, Nova York, no que foi uma das performances mais dominantes na história do esporte. Em 1923 ingressou no departamento de polícia como um oficial de motocicleta.

Otto Walker

Otto Walker foi um dos primeiros pilotos da equipe Harley-Davidson vencendo a primeira corrida importante em abril de 1915  realizada nas ruas de Venice, na Califórnia. Sua marca registrada era um capacete de aviador alemão que ele usava em vez de um capacete de corrida padrão durante suas corridas.

Jim Davis

Jim Davis  foi um dos poucos que ganhou títulos sob a bandeira dos antecessores com a Associação Americana do Motociclista, a Federação de Motociclistas Americanos (FAM) e da Motocicles e Allied Trades Association (M & ATA). Ele destacou em pistas de corridas ovais e terra. Davis também venceu a primeira corrida nacional sancionada pela AMA, em 26 de julho de 1924. Sua carreira começou aos 19 anos, no ano de 1915.  Em 1924 imediatamente após ser demitido da equipe em que corria, Davis recebeu uma proposta da Harley-Davidson. Após sua aposentadoria das corridas, Jim Davis foi fundamental na formação da divisão de motocicletas da Polícia Rodoviária Estadual de Ohio.

 

Fonte: Muscat Chapter HOG Fotos: AMA Motocicleticochoppers.com

Deixe um comentario